Arquivo | agosto 2009

Espiritismo no dia-a-dia

                                            

cartaz aborto
Caros irmãos de ideal espírita.
Vamos participar da 3ª Marcha Nacional da Cidadania pela Vida e pela Paz!
Mobilizemos nossas Casas Espíritas por esta causa!

No dia 30 de agosto, domingo, a Marcha terá início com CONCENTRAÇÃO, a partir das 15h, no EIXÃO SUL, altura da Estação do Metrô da 108 Sul em direção à Esplanada dos Ministérios. Neste ano, a Marcha faz parte do PROJETO CULTURA, CIDADANIA E VIDA que tem a seguinte programação:

Dia 29 de agosto:
– 9h00 – Workshop: Contribuição da arte para valorização da Vida e construção da Paz. Local: LBV
– 19h00 e 21h00 – Musical Show Vida – Grupo Arte Nascente – GAN. Local: Teatro Nacional

Dia 30 de agosto:
– 15h00 – Marcha Nacional da Cidadania pela Vida e pela Paz com show de encerramento na Esplanada dos Ministérios com a cantora Elba Ramalho.

Venha manifestar com o seu grito e seu canto, seu amor pela vida e pela construção da paz. Mobilize! Convide sua família, amigos, vizinhos e sua comunidade. Dê sua contribuição e diga NÃO à legalização do aborto no Brasil.

Outras informações: (61) 3345-0221 | E-mail: pelavidapelapaz@gmail.com | www.brasilsemaborto.com.br

Espiritismo e Pipoca !!

Semana passada foi o penúltimo encontro da nossa Juventude tendo com base os estudos da Gênese, o quinto livro do pentateuco kardequiano. No próximo sábado, o tema final será a “Geração Nova”, continuação do estudo dado essa semana “Sinais dos Tempos”. Soubemos que o pessoal do 2º Ciclo debateu o tema em torno de uma interessante discussão a respeito do filme “Presságio” com Nicolas Cage, 2009. Sem pensar, resolvemos deixá-lo como nossa dica de filme da semana, aproveitando para deixar aberta a discussão da aula passada: e o fim dos tempos? Já chegou?

Aproveitem o filme, semana que vem tem mais!

Presságio

Em certo dia do ano de 1959, crianças de uma escola de educação infantil têm uma tarefa a fazer: desenhar como acham que será o futuro. Os desenhos são colocados dentro de uma cápsula do tempo, que será aberta após 50 anos.

Passam os 50 anos, e a cápsula é aberta com os desenhos que aparentemente são infantis e com muita imaginação. Mas um dos desenhos é diferente, contém uma seqüência numérica, que no inicio não parece nada.

O personagem interpretado por Nicholas Cage consegue identificar esse código numérico e descobre que são previsões de desastres mundiais, como furacões, tsunamis e acidentes, que já aconteceram ao decorrer dos 50 anos, mas que ainda faltam alguns para acontecer. Cabe ao professor tentar evitar que uma enorme catástrofe iminente ocorra.

Jiz na Cabeceira

Aconteceu na Casa Espírita

Espírito de Nora pelo médium Emanuel Cristiano

Aconteceu na Casa Espírita pelo espírito Nora

Aconteceu na Casa Espírita pelo espírito Nora

 No dia 11 de junho de 2009, tivemos a oportunidade de desfrutar de excelente palestra provida pelo autor do livro, Emanuel em pessoa! (tal palestra pode, inclusive, ser adquirida em nossa biblioteca). Neste evento, pudemos receber diversas orientações sobre o trabalho mediúnico e as diversas dificuldades que o cercam, bem como as alegrias de bem fazê-lo.

 São destaque no livro: a atuação obsessiva dos espíritos desencarnados contra as casas; frequente chamada para o ”vigiar e orar”; e, o trabalho da espiritualidade superior em auxílio.

Em sua maioria o livro constitui-se de histórias de fácil leitura (diálogos diretos escritos de forma romanceada e apenas 192 páginas) que procuram, em suma, nos alertar dos cuidados que devemos ter para evitar a queda de nossas casas espíritas às organizações trevosas (organizações sim, pois não são somente os bons espíritos que se reúnem para planejar).

O livro é composto por: À Guisa de Prefácio – Um breve intróito explicativo dos seguintes “Templos” e “Aconselhando o Médium” como introdução da obra Templos – Um apanhado histórico do início das religiões na Terra, bem como das instituições religiosas, missionários e propósito do livro, pelo espírito de Wilson Ferreira de Mello (Médium Emanuel Cristiano) Aconselhando o Médium – Relato de uma instrução passada ao médium “Constantino” sobre como se fortalecer frente às dificuldades, do mundo e da espiritualidade, na prática da mediunidade. Narrado pelo espírito de Nora (Médium Emanuel Cristiano)

CAPÍTULO 1 = Infiltração Programada

CAPÍTULO 2 = Avaliando a Ameaça

CAPÍTULO 3 = Orientando os Encarnados

CAPÍTULO 4 = Iniciando o Ataque

CAPÍTULO 5 = Estimulando a Vaidade

CAPÍTULO 6 = Intervenção Superior

CAPÍTULO 7 = Verificando os Resultados

CAPÍTULO 8 = Cedendo à Tentação

CAPÍTULO 9 = Entre Mensagens e Críticas

CAPÍTULO 10 = Fascinação

CAPÍTULO 11 = No Auge da Crise

CAPÍTULO 12 = Reação das Trevas

CAPÍTULO 13 = Fraternidade e Vigilância

CAPÍTULO 14 = Última Tentativa

CAPÍTULO 15 = O Bem Vitorioso

CAPÍTULO 16 = Socorrendo o Vencido

Você no Jiz!

Essa semana o ‘Você no Jiz’ entrevista o pessoal do 2º Ciclo!!!! E a escolhida dessa semana é a Maria Tereza! Há muito tempo já freqüenta a casa de Atualpa e vai nos contar um pouquinho da sua rotina!

DSCN0698

Maria Tereza depois da entrevista para o Você no Jiz!!!

 

Maria Tereza Sousa Silveira

 

Idade: 16 anos.

Ciclo: 2º Ciclo.

Aniversário: 12 de Setembro.

Uma Cor: Prata.

Uma Fruta: Morango.

Uma Comida: Lasanha.

Um Filme: Velozes e Furiosos – Toda a Série.

Uma Música: ‘Dilemma’, por Nelly feat.  R.Kelly.

Meu Time: Flamengo.

Meus Hobbies: Faz futsal, passar o tempo no computador e sair com os amigos .

Porque a Maria Tereza vem ao centro?

“Porque gosto do aprendizado e do conhecimento que a gente a tem aqui.”

O que a Maria Tereza acha que pode mudar na Juventude?

Não sei muito bem, talvez integração. O pessoal não se conhece direito…

Uma palavra ou frase pra encerrar: Amizade!

Clique de Jiz

A chuva de meteoros Perseid é vista anualmente em agosto quando a Terra passa diretamente no fluxo de escombros deixado pelo cometa Swift Tuttle. O cometa completa sua órbita a cada 130 anos, a última vez que passou pela Terra foi em 1992. Os meteoros de Perseid, vistos em Los Padres National Forest, na Califórnia, são brilhantes e frequentemente deixam um rastro gasoso de grande luminosidade.  (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

A chuva de meteoros Perseid é vista anualmente em agosto quando a Terra passa diretamente no fluxo de escombros deixado pelo cometa Swift Tuttle. O cometa completa sua órbita a cada 130 anos, a última vez que passou pela Terra foi em 1992. Os meteoros de Perseid, vistos em Los Padres National Forest, na Califórnia, são brilhantes e frequentemente deixam um rastro gasoso de grande luminosidade. (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

Você no Jiz !!

                 O Você no Jiz é a mais nova postagem periódica que teremos em nosso blog! Muitas vezes vamos às aulas todo sábado, sempre vemos carinhas novas, mas não sabemos quem são às vezes mal sabemos o nome. Aqui no Você no Jiz, vamos a cada semana conhecendo um pouquinho mais nossos amigos de mocidade, descobrir seus hobbies, suas atividades e preferências, e quem sabe, conhecendo-os melhor, aproximar os laços e nos tornar amigos muito além das portas e horários da Mocidade!

                 Nossas primeiras convidadas freqüentam o centro há menos de um ano e fazem parte do 1º Ciclo! Vejam o que Júlia e Camila tem a nos dizer no Você no Jiz!!

 Júlia e Camila, depois de um papo descontraído.

Júlia e Camila, depois de um papo descontraído.

 

Júlia Guimarães Stoimenoff Brito

Idade: 13 anos.

Ciclo: 1º Ciclo.

Aniversário: 02 de Julho.

Uma Cor: Amarelo.

Uma Fruta: Uva.

Uma Comida: Chocolate.

Um Filme: Todos de Comédia.

Uma Música: ‘Viva La Vida’, por Coldplay.

Meus Hobbies: Faz teatro, adora atuar, ouvir música, ler e passar o tempo no ‘pc’.

Porque a Júlia vem ao centro?

“Porque sou curiosa, gosto de aprender coisas novas e acho aqui um lugar muito legal para isso!”

O que a Júlia acha que pode mudar na Juventude?

Acho que a Juventude devia participar mais das coisas! Não vejo ninguém falando de atividades assistências e participando! Devíamos ter mais contato com isso!

 

Camila Brito Vianna Peres

Idade: 14 anos.

Ciclo: 1º Ciclo.

Aniversário: 18 de Julho.

Uma Cor: Rosa.

Uma Fruta: Morango.

Uma Comida: Torta de Limão.

Um Filme: “O Labirinto do Fauno”.

Uma Música: “Clocks”, por Coldplay.

Meus Hobbies: Faz música, toca violão clássico, dançar (fazia parte do corpo de baile do colégio), ler e passar o tempo no ‘pc’.

Porque a Camila vem ao centro?

“Sinto uma paz aqui, acho legal. Frequentar também atrai coisas boas e é bem melhor que ficar em casa.”

O que a Camila acha que pode mudar na Juventude?

“Queria participar mais nas aulas, ter mais dinâmicas, participação da juventude em atividades assistenciais e  que falassem mais sobre mediunidade”.

 

JIZ da Semana

“Ninguém é tão grande que não possa aprender, nem tão pequeno que não possa ensinar.”

Voltaire

Jiz no Dia dos Pais

pai_filho

 

SER PAI
ARTUR DA TÁVOLA
Como sinto saudades deste HOMEM…

E de todas as minhas modestas dimensões humanas,
a que mais me
realiza é a de ser pai.

Ser pai
é acima de tudo, não esperar recompensas.
Mas ficar
feliz caso e quando cheguem.
É saber fazer o necessário por cima e por dentro da incompreensão.
É aprender a
tolerância com os demais e exercitar a dura intolerância
(mas compreensão) com os próprios erros.

Ser pai
é
aprender errando, a hora de falar e de calar.
É
contentar-se em ser reserva, coadjuvante,
deixado para depois. Mas jamais falar no momento preciso.
É ter a
coragem de ir adiante, tanto para a vida quanto para a morte.
É
viver as fraquezas que depois corrigirá no filho, fazendo-se forte em
nome dele e de tudo o que terá de viver para
compreender e enfrentar.

Ser pai
é aprender a ser contestado mesmo quando no
auge da lucidez. É esperar.
É saber que
experiência só adianta para quem a tem, e só se tem vivendo.
Portanto, é agüentar a dor de ver os filhos passarem
pelos sofrimentos necessários,
buscando protegê-los sem que percebam,
para que consigam
descobrir os próprios caminhos.

Ser pai
é saber e calar. Fazer e guardar. Dizer e não insistir.
Falar e dizer. Dosar e controlar-se. Dirigir sem demonstrar.
É ver dor, sofrimento, vício, queda e tocaia, jamais transferindo aos filhos o que,
a alma, lhe corrói. Ser pai é ser
bom sem ser fraco. É jamais transferir aos filhos
a quota de sua
imperfeição, o seu lado fraco, desvalido e órfão.

Ser pai
é
aprender a ser ultrapassado, mesmo lutando para se renovar.
É
compreender sem demonstrar, e esperar o tempo de colher,
ainda que não seja em vida.
Ser pai é aprender a
sufocar a necessidade de afago e compreensão.
Mas ir às
lágrimas quando chegam.

Ser pai
é saber ir-se apagando à medida em que mais nítido
se faz na personalidade do filho,
sempre como influência, jamais como imposição.
É saber ser
herói na infância, exemplo na juventude
e
amizade na idade adulta do filho.
É saber brincar e zangar-se. É formar
sem modelar, ajudar sem cobrar,
ensinar
sem o demonstrar, sofrer sem contagiar, amar sem receber.

Ser pai
é saber receber raiva, incompreensão, antagonismo, atraso mental, inveja,
projeção de sentimentos negativos, ódios passageiros, revolta, desilusão
e a tudo responder com
capacidade de prosseguir sem ofender;
de insistir sem mediação, certeza, porto, balanço, arrimo, ponte,
mão que abre a gaiola, amor que não prende, fundamento, enigma, pacificação.

Ser pai
é atingir o máximo de angústia no
máximo de silêncio.
O máximo de convivência no
máximo de solidão.
É, enfim,
colher a vitória exatamente quando percebe que o filho
a quem ajudou a crescer já, dele,
não necessita para viver.
É quem se anula na obra que realizou e
sorri, sereno,
por tudo haver feito para deixar de ser importante
.

Videos no JIZ

 

 

Para Refletir…

Jiz da Semana

 

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos.
“Anna Eleanor Roosevelt”